Risoto de Bacalhau do Porto

08.12.13 | Escrito por Daniel Nascimento

Com o final do ano chegando, resolvi visitar minha listinha de receitas que ainda não foram para o blog, e encontrei mais um risoto!!! E olha que ainda tem vários que ainda não postei por aqui!

Hoje vamos fazer um risoto de bacalhau!!! Isto mesmo, iremos juntar dois ícones de gastronomia distintas:

- O arroz arbóreo: tradicional da culinária italiana.

- O bacalhau: tradicional da culinária portuguesa.

Será que esta combinação de dois clássicos de distintas culinárias faz uma bela combinação? Com certeza sim!!!

Para preparar o risoto de bacalhau do porto...

Vamos precisar de?

  • 1 xícara de arroz arbóreo ou carnaroli
  • 1 unidade de alho poró ou 1 cebola pequena, picadinhos
  • 100g a 125g de bacalhau do porto desfiado e dessalgado 
  • 3 colheres de sopa de manteiga sem sal
  • 1/2 xícara de queijo parmesão ralado
  • 1/2 xícara de vinho branco
  • 1 litro de caldo de legumes
  • 2 tomates sem pele e semente, picados em pequenos cubos
  • 1 xícara de salsinha picada grosseiramente

E agora, como fazer?

  • Antes de iniciar nosso preparo é importante dessalgarmos muito bem o bacalhau.
  • Para fazermos isto, deixar o bacalhau de molho em água limpa e fria, por cerca de 12 horas, trocando a água pelo menos 4 vezes. Prove o bacalhau para verificar se é necessário estender o tempo. Muito cuidado com este passo, pois o resultado final poderá ser um risoto muito salgado!
  • Aqueça uma panela, adicione 2 colheres da manteiga, e na sequência o alho poró (ou a cebola), deixando-o refogar por cerca de 3 a 4 minutos.
  • Adicione então o arroz, e mexa de forma que todos os grãos sejam envolvidos pela gordura da manteiga, refogando por cerca de 1 minuto.
  • Junte o vinho branco, e deixe-o evaporar, mexendo constantemente.
  • A partir deste momento, vamos adicionar cerca de 2 conchas de caldo de legumes e siga mexendo a cada um minuto.
  • Enquanto o arroz segue cozinhando, voltaremos nossa atenção ao bacalhau. Aqueça uma frigideira com o azeite, e refogue o bacalhau por cerca de 5 minutos. Adicione os tomates picados, e refogue por mais dois minutos, mexendo delicadamente, para não desmanchar o tomate. Tempere com a pimenta do reino a gosto, e sal se necessário.
  • Assim que o arroz estiver com o miolinho ainda firme, chegamos no ponto ideal de cozimento de nosso risoto.
  • Junte o refogado do bacalhau ao risoto, e mexa levemente.
  • Vamos então para a mantecatura, que é o processo de adicionar a colher de sopa restante da manteiga para conferir brilho a nosso preparo.
  • Adicione a salsinha, e mexa. Tampe a panela e deixe descansar por 2 a 3 minutos. Certifique-se que não é necessário adicionar um pouco mais de água.
  • Lembre-se que o ponto do risoto é o que chamamos all'onda, uma nomenclatura utilizada para remeter ao ponto ideal do risoto perfeito, que forma pequenas ondas, ao derramá-lo sobre o prato.
  • E falando de um risoto perfeito, não poderíamos deixar de fazer a mantecatura do risoto, que nada mais é do que a finalização do prato, adicionando a manteiga restante e o parmesão, e mexendo muito rapidamente, para adicionar brilho e cremosidade ao nosso prato.
  • Feito isso, sirva imediatamente nos pratos, decorando-os com as azeitonas da forma que achar melhor.

Receita de Risoto ao Bacalhao do Porto - Caldo & Freddo Blog de Culinária, Gastronomia e Receitas 

Buon Appetito!

Deixe um comentário

Você está comentando como visitante. Login opcional abaixo.

Campos com (*) são obrigatórios

Siga-nos

  • Siga-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Siga-nos no Google+
  • Siga-nos no Pinterest
  • Siga-nos no Instagram
  • Assine nosso Feed

Gostou? Então curte a fanpage!

Publicidades

Parceiros

2012 - 2013 :: Caldo & Freddo | Blog de Culinária, Gastronomia e Receitas :: Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: Genuinne